Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

quarta-feira, 1 de agosto de 2007

Un bel di vedremo-Butterfly


É a tal ária da ilusão, Butterfly acredita que Pinkerton o oficial americano com quem se julga casada e de quem tem um filho, vai voltar para o Japão.


Sonha com esse dia o dia em que vai ver um fumo aparecer nos confins do mar, aparecendo depois o navio branco que entrará no porto.

Ela diz que não vai ao seu encontro, ficará á espera dele não interessando as horas que esperar, até aparecer um homem ao longe será ele ? não será ?


Esconder-se-á um pouco para brincar um pouco para não morrer de alegria


Quando ele se aproximar que irá dizer, ? estará um pouco ansioso e chamar-lhe-á, "pequenita, minha pequenita esposa perfume de verbena, os nomes que sabia chamar-me.


Garante depois à sua companhia que esse sonho será realidade


No vídeo esta ária é cantada pela soprano Renata Tebladi e no mp3 por Maria Callas

3 comentários:

Cris disse...

Foi por um feliz acaso que encontrei o teu blog.
Se tiveres oportunidade e se gostares, claro, ouve a Ópera Carmen de Bizet mas em que a soprano é a Tereza Berganza.
Achei notável!

Agora vou adicionar-te aos meus favoritos para me deliciar porque há aqui tanto, tanto para nos perdermos!

Com amizade, boa música e boa poesia,
Beijo,

Cris
http://osmeusencantos.blogs.sapo.pt

Cris disse...

Eu disse que me ia perder neste blog, Luis :-)

Recordas-te da soprano alemã Elisabeth Schwarzkopf? Faz hoje precisamente um ano que faleceu, em Viena, aos 90 anos.
Tinha um programa fabuloso, na TV, e passaram pelas "mãos" dela vozes fabulosas.
Era giríssimo ouvi-las interpretar uma ária que para nós parecia perfeita mas ela encontrava sempre um pequeno senão, algo que não soava como devia, ela, que tinha ouvido absoluto, e, corrigia-as, mas de uma forma tão meiga!
Tenho pena que não o repitam porque valia a pena!

Tens aqui um espaço interessantíssimo!
Se não te importares (não te importas pois já vi que já me linkaste) vou adicionar-te, lá, nos meus encantos :-)

Deixo-te uma sugestão, posso?
Claude Debussy: Prélude à l'après-midi d'un faune.
Lindo!

Beijo,

Cris

lfm disse...

Cris

Vou anotar muito bem tudo o que me dizes, até porque corresponde em muito aos meus gostos em especial no que à Berganza diz respeito. Infelizmente tenho menos opinião acerca da Elisabeth Schwarzkopf, pelo facto de principalmente se ter dedicado à ópera alemã, de que não sou muito fã.
Sei ser uma grande voz, mas para te ser sincero não está "gravada" nos sons da minha memória, falha minha tenho a certeza, prometo ouvir melhor a Elisabeth Schwarzkopf.