Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Renata Scotto-2ºparte

Durante a década de 1960 ela tornou-se uma das maiores cantoras do bel canto, revivendo a fase vivida por Callas na década de 1950.

Ela cantou Zaira e La Straniera de Bellini e Giulietta de I Capuleti e i Montecchi de Bellini, Maria di Rohan de Donizetti e Robert le Diable de Meyerbeer.

  • Dessa ópera canta Roberto, o tu che adoro



Em 1964, com uma produção do La Scala, ela apresentou-se no Teatro Bolshoi em Moscovo, a primeira companhia de ópera a fazer digressão pela União Soviética durante os anos da Guerra Fria.


A estreia nos Estados Unidos veio em 1960 como Mimi na Ópera Lírica de Chicago, mesmo ano em que se casou com o violinista Lorenzo Anselmi.

O casal teve uma filha e um filho. No dia 13 de outubro de 1965, Scotto fez sua estreia no Metropolitan Opera House de Nova Iorque como Cio-Cio San em Madama Butterfly.


Durante 22 anos, ela cantou mais de 300 vezes no Met, em 26 papéis diferentes.

Com Luciano Pavarotti, ela inaugurou as séries "Ao Vivo do Met" em 1977 com a ópera La Bohème de Giacomo Puccini.

  • Dessa ópera Si mi chiamano Mimì




Durantes os anos seguintes, ela estrelou as produções televisionadas Manon Lescaut, Luisa Miller, Don Carlo, Il Trittico, Francesca da Rimini e Otello.

  • Dessa ópera La canzone del salice

Sem comentários: