Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

domingo, 8 de maio de 2011

Leontyne Price-1ºparte

Leontyne Price nasceu a 10 de Fevereiro de 1927 num bairro negro de Laurel, Mississippi. Seu pai trabalhou numa fábrica de madeira e sua mãe era uma parteira que cantou no coro da igreja. Eles esperaram treze anos por uma criança e Leontyne se tornou o foco de intenso amor e orgulho.

Nos seus treze anos, Price entrou para o segundo coral da Igreja Metodista St. Paul enquanto cantava no coro negro da escola.

Sua primeira performance importante aconteceu em 1952 em uma produção estudantil de Falstaff, de Verdi. Depois dessa apresentação, Virgil Thomson a contradou para sua ópera totalmente negra Four Saints in Three Acts.

Depois de duas semanas na Broadway, Saints foi para Paris. Em Paris, ela foi chamada para fazer a personagem Bess de Porgy and Bess, uma obra de George Gershwin e retornou para os Estados Unidos para uma turné.

  • Siummertime de Porgy and Bess


Enquanto fazia sua turn]e europeia, Price casou-se com o interprete de Porgy, o notável baixo-barítono William Warfield . Este casamento durou até 1967, quando eles se separaram. E divorciaram-se no ano de 1973, não tendo nenhum filho.

Como Bess, ela mostrou que tinha talento e instinto para fazer carreira e o Metropolitan Opera House confirmou isso, convidando-a para cantar Summertime no Met Jamboree, em 6 de Abril de 1953 na Broadway.

Price foi a primeira afro-estadunidense a cantar no Met.

Em 1955 ela cantou o papel-título, Tosca, de Puccini para a NBC-TV Opera, com o diretor musical Peter Herman Adler e tornou-se a primeira negra a aparecer em uma ópera televisionada.

Sua estreia em São Francisco em 20 de Setembro de 1957, como Madame Lidoine, na estréia estadunidense de Dialogues des Carmélites, de Francis Poulenc. Poucas semanas depois, quando a soprano italiana Antonietta Stella sofreu de apendecite, Price foi chamada para cantar Aida (papel que a imortalizou)

  • O patria mia da Aida

Sem comentários: