Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Rigoletto-Cartigiani vil razza donnata

Leo Nucci nasceu em 16 abril, 1942, em Castiglione dei Pepoli, perto de Bolonha, é um dos principais barítono da ópera italiana, especialmente admirado em papéis Verdianos.

Estudou com Giuseppe Marchese e fez sua estréia no palco Spoleto, como Figaro no Barbeiro de Sevilha em 1967, aderiu ao coro de La Scala, em Milão, e fez o seu debut a solo ali em 1975, novamente como Figaro.

Sua carreira teve rápida ascenção internacional, estreando na Royal Opera House, em Londres, como Miller em Luisa Miller, em 1978, e no Metropolitan Opera, em Nova Iorque, como Renato em Un ballo em maschera, em 1980.

Renato também foi sua estreia na Ópera de Paris 1981, e no Festival Salzburgo em 1989, sob a direcção de Herbert Von Karajan.

Seu repertório inclui todo o repertório italiano do bel canto ao verismo, mas a sua voz sonora, segura, técnica e dramática habilidades são melhor evidenciadas em Verdi. n Ele cantou o papel de Rigoletto sozinho mais de 400 vezes.

Nucci tem obtido muito êxito da sua longa carreira, ainda activa. Ele está casado com a soprano Adriana Anelli, com quem tem uma filha chamada Cinzia.

Aqui Leo Nucci canta a ária "Cortigiani, vil razza dannata" do Rigoleto do II Acto, papel que ele já cantou mais de 400 vezes.

Caso não consiga ver e ouvir o vídeo clicar >>>>>>>>>>>>>>>>>>>> aqui


2 comentários:

☆ Sandra C. disse...

bravissimo!

estou encantada com a seleção deste blog.

Luís Maia disse...

Obrigado Sandra C.

pelas suas palavras