Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

A te o cara

Rockwell Blake, canta hoje esporadicamente, por opção própria, já que prefere dedicar-se ao ensino. Tem uma carreira interessante sobretudo em papéis rossinianos, mas é falho na representação cénica, de que aliás, quanto a mim, este video é exemplo disso.

Canta aqui esta ária, acompanhado da soprano Denia Mazzola Gavazzeni no papel de Elvira, da Ópera IL Puritani de Bellini, a sua última ópera estreada em Paris em 1833

A te, o cara, amor talora
Mi guidò furtivo e in pianto;
Or mi guida a te d'accanto
Tra la gioia e l'esultar.

Al brillar di sì bell'ora,
Se rammento il mio tormento
Si raddoppia il mio contento
M'è più caro il palpitar d'amor


Sem comentários: